Casa de Apoio a saúde mental

Mikhael Elias

Quem somos?

Somos uma instituição virtual, sem fins lucrativos que tem como meta romper as fronteiras, e chegar aos necessitados através da proposta por nós apresentada.

O modelo

Apresentaremos um método a ser espelhado. Assim, todos caminharemos na mesma direção dentro do mesmo propósito.
Desejamos romper os protocolos e desenvolver um novo modelo de auxílio a quem necessita de amor, acolhimento, compreensão, ser ouvido e abraçado. Os trabalhos são voluntários, isentos de qualquer tipo de remuneração. Precisamos de pessoas dispostas a doar um pouco de seu tempo. Um pouco de cada um será muito, para muitos. Se você aceitar este desafio, irá à alguns locais que indicaremos, ou locais indicados por você, representando o modelo da Casa de Apoio a Saúde Mental Mikhael Elias. Que, por sua vez está subordinada a mim, Daniel Mastral, escritor, youtuber, conferencista e cristão. Não vamos levar bandeira de nenhuma espécie de religião ou dogmas. Apenas, falar de Deus, quando houver aceitação para tal.
O respeito ao paciente deve ser total.

Como me engajo neste processo?

Anelamos promover uma corrente do bem. Visitando asilos, orfanatos, hospital do câncer, AACD, clínicas psiquiátricas, etc.
Na maioria esmagadora destas instituições falta um ingrediente fundamental para a plena recuperação do paciente: amor.
O sistema costuma ser frio, cartesiano, atendo-se aos protocolos da instituição. Não há um abraço, não há palavras de amor, acolhimento incentivo. Excetuando raras e honrosas exceções.

Como posso ser um voluntário?

Todos nós possuímos talentos. Alguns ficam guardados em caixas em nosso coração e nunca são usados. Vamos abrir estas “caixas”!
Você pode visitar um asilo, e apenas ouvir o que os idosos tem a dizer. Eles gostam de contar suas histórias. Pois, tem lembranças muito vividas de sua infância e juventude. Na verdade, eles só precisam ser ouvidos ...
Em um orfanato, vemos muita carência afetiva das crianças. Contar uma história, fazer uma “mágica”, brincar, isso faz profunda diferença no estado emocional delas. E irá colaborar para moldar o caráter delas. Uma vez que, receberam amor. Uma semente será plantada.
Se você é terapeuta ou médico e for visitar um hospital do câncer, ou outro qualquer, sabe que não há tempo dos profissionais locais para dar atenção e afetos a todos os internos.
Tocar violão, encher o lugar de música e esperança é algo impar e extraordinário.
No caso de médicos e terapeutas sugerimos reportar, depois aos responsáveis pela instituição o material recolhido.
Quando as coisas começam com um abraço, tudo muda.
Uma conversa em baixo de uma árvore, sentado no gramado, de maneira informal traz mais leveza do que uma sala sem janelas com uma mesa a sua frente que o separa do profissional que está lhe atendendo.
Isso quebra paradigmas beneficiando o paciente. Trazendo mais confiança; eles falam mais de seus conflitos. Doações de brinquedos, roupas, agasalhos, visitar creches fantasiado de super-herói, ou palhaço, a sinergia deste processo ameniza a dor, e faz com que o tratamento ou o abrigo de crianças órfãs, asilo, etc, seja mais acolhedor. Você estará levando amor...
Em um mundo onde o amor está em extinção.
Faça parte deste time. Vamos, juntos fazer a diferença positiva.
Imprima esta carta e leve com você.
Solicite permissão para fazer o trabalho voluntário, documente, tire fotos, a afim de estimular outros a fazerem a diferença positiva também.

Mande para nós no e-mail da Casa de Apoio a Saúde Mental Mikhael Elias,
e iremos postar no Instagram do mesmo.

Sou um profissional, como colaborar?

Se você é um profissional, seja de qual área for: saúde, educação, cultura; e tem um consultório, academia, escola; doe um horário para uma criança / adolescente em nome da Casa de Apoio à Saúde Mental Mikhael Elias.
Exemplo: sou psicólogo, vou doar um atendimento semanal para uma criança / adolescente que precisa de tratamento de ordem mental.
Sou dentista, vou doar um tratamento para uma criança ou adolescente que faz tratamento de ordem mental. Sou circense, vou doar uma vaga em minha escola a uma criança ou adolescente que passa por transtorno mental.
Sou psiquiatra, vou doar um tratamento para uma criança ou adolescente que passa por transtorno mental. Em nome da Casa de apoio à Saúde Mental Mikhael Elias.
Nos mande os seus dados e como está auxiliando para que possamos divulgar e incentivar outras pessoas a fazerem o mesmo.
Ainda há humanos na humanidade.
Contamos com a colaboração de vocês.
Não pedimos dinheiro. Só amor, afeto, acolhimento, disposição em servir, abraços, contar histórias, e reescrever a história de muita gente!

Daniel Mastral

CLIQUE AQUI PARA SE CADASTRAR