Carta

Um Toque de Trombeta ao Exército de Deus!

Palavra do Missionário

Janeiro 2014
Carta

“Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.” I Cor 13:13

Este tripé de sustentação mantém os valentes na rota, diante das grandes tempestades:
Fé gera esperança, que deriva do amor...

Porém, sem amor, de nada valem os sinais e prodígios...

O amor vai além das palavras e das boas intenções. O amor é, aci...ma de tudo, prático!

Lemos sobre o amor, perdão, arrependimento, fé e esperança. Porém, a Igreja tem vivido pouco estes preceitos. Raro ver nos Altares um ensino apontando ao povo para este caminho. Há espetáculos, show, luzes, campanhas políticas, pedidos de dinheiro, campanhas de milagres, curas, poder, prosperidade, conquistas, etc.
Enfim, ajustaram a mensagem de acordo com gosto do público. Criamos uma massa de crentes sem Cristo. Evangélicos que pouco conhecem ou vivem os Evangelhos.

Há muitos temas que ousamos ensinar ao povo de Deus. Muitos destes, considerados proibidos de serem mencionados dos Altares, uma vez que poderiam despertar muitos do transe coletivo, fazendo-os sair da “Matrix”.
E, conseqüentemente, do controle e manipulação que favorecem interesses pessoais dos falsos profetas, que desafiam a Deus, usando e abusando de técnicas de neurolinguística e textos deformados da Palavra para sustentar suas afirmações.

Contam com a falta de conhecimento para propagar o engano... (carta anterior - link abaixo desta – Como preparar um Congresso de Batalha sem despertar a Fúria do adversário)

São as doutrinas de demônios e doutrinas humanas, inoculadas em nosso meio. Como um vírus, fica encubado por um tempo no Corpo, até que começa a destruir as células, sobrepujando as defesas, camuflando-se, enganando e confundindo o sistema imunológico. Sempre mais fácil atacar um Corpo doente, imunodeprimido. Corrompendo a harmonia e equilíbrio que mantém o corpo saudável.

Este “vírus” mutante se apresenta de diversas formas, mas seu conteúdo sempre é o mesmo, buscando hospedeiro para se alojar nos corações contaminados com o pecado.

Mensagens como: “Geração João Batista”; “Andando na contramão”; “Síndrome de Lúcifer”; “A Justiça do Amor; “Controle de Mentes”; “Verdade Negativa”; “A Chave da Sala do Trono”; “Psicose Gospel”; “Modelo Satânico”; “Temas Proibidos”; “O Livro Secreto”; “O Brilho do Vagalume”; “Os Espinhos da Coroa”, etc... Tem descortinado a verdade, resgatado preceitos esquecidos ou pouco conhecidos... Colaboram para despertar os que dormem. Levando luz aos que estão em trevas, Norte aos perdidos, força aos fracos, esperança aos abatidos...

Ao longo dos últimos dois anos desenvolvemos mais de 60 vídeos com assuntos que tem trazido a tona preceitos fundamentais da Palavra: amor, perdão, justiça, arrependimento, conhecimento, união, fé, esperança, santidade e sacrifício.

Contrastam diante do universo, onde pautas como: Prosperidade, Vitórias, Conquistas, Unção disso e daquilo, Atos Proféticos, etc, pululam aos montes, emoldurados por pompas, cargos, títulos, que só afagam o ego soberbo daqueles que movem os cordéis...

A mensagem pura e simples, paradoxalmente, escandaliza!

Imagine-se fazendo um viagem no tempo... E você pudesse encontrar com Jesus. Talvez o diálogo fosse mais ou menos assim:

“Quem é você?”

“Sou Jesus, o Cristo. O Verbo que se fez carne. Vim trazer arrependimento, amor, união e salvação ao mundo!”

“Onde é sua Igreja?”

“Vim trazer os fundamentos da Igreja, pois a que existe atualmente, esta corrompida com uma raça de víboras, hipócritas, sepulcros caiados, condutores cegos, altivos, soberbos, falsos...”

“Poxa, Jesus! Você está com muita amargura no coração. Suas palavras são pesadas e duras. Você tá precisando de Libertação! Onde está o amor nelas?”

“Amo os pecadores, mas abomino o pecado. Eles enganam deliberadamente, não espelham os preceitos do Pai. Não há amor nestes corações... Eles enganam o povo. E, este povo tem perecido pela ausência da Verdade.”

“Todos estão errados?”

“A maioria...”

“Mas, você está certo, né?”

“Eu Sou a Verdade.”

“Acho isso meio arrogante... Quem é sua cobertura Espiritual?”

“Tenho muitos amigos que Me seguem e colaboram com o Reino. Não os chamo de servos, mas de amigos. Alguns serão capazes de dar a vida por Mim. Reporto-me ao Pai. Ele me enviou. Falo com Ele todos os dias, no monte!”

“Onde estão seus seguidores? Notei que a multidão que estava aqui, já foi embora.”

“Eu tinha mais seguidores. Porém, um dia, ao anunciar a Verdade a eles, ficaram tão chocados que me abandonaram. Sobraram 12 comigo. Eles estão mais próximos de Mim.”

“Eles são leais a você?”

“Bem, quando Eu pedir para orarem por Mim, vão dormir... Quando a coisa apertar, um deles vai Me trair, outro Me negará, e somente um estará comigo ao pé da Cruz!”

“Que time, hein? Cruz? Vão te matar? Você não veio trazer amor, perdão, arrependimento, união, restauração, consolo, fé, esperança...???!!!”

“Vou morrer por amor a eles... E, por você, também!”

“Quem fará isso com você? Como isso seria possível? Você não é a Vida? Porque iria passar por isso? Ser humilhado, escarnecido, desdenhado, perseguido, açoitado, crucificado! Você deve ter brecha! Tá no pecado! Ou tem legalidades em sua vida, para sofrer tanta retaliação. Você precisa ir ao Congresso de Batalha Espiritual e aprender as estratégias da conquista de autoridade para ter vitória! Ou, quem sabe? Passar por uma sessão de descarrego!!!"

“O caminho da vitória na vida é morrer para ela, e viver em Mim.”

“Você não tem um óleo consagrado por você mesmo para me vender? Ou, que sabe? Uma túnica ungida, ou um carnê da prosperidade imediata e da cura perene? Ou um boneco esculpido na madeira por ti mesmo? Isso venderia muito bem, poderíamos chamar de “Cristoleco”! Ou me passar a unção do poder supremo?”

“Irei expulsar os mercadores do Templo. E não sobrará pedra sobre pedra daquele lugar. Pois, se afastaram dos Meus propósitos. Era para ser uma casa de oração, e tornou-se um covil de ladrões!”

“Poxa, Jesus! Não vai rolar nem um ato profético para restaurar Jerusalém? Ou, então você poderia indicar algum político conhecido para ser um infiltrado no senado Romano. Podemos mudar a história!”

“Não vim para ser um libertador político. Roma continuará a sobrepujar este povo por mais 400 anos. Vim para libertar vidas!”

“A propósito, não vi nenhum adorador de BAAL te perseguindo... Eles não deveriam ser seus inimigos?”

“Os que me perseguem são os Fariseus, e todo aquele que se incomoda com a luz da Verdade...”

“Notei que algumas mulheres te ajudam, ofertando em sua vida. Há um tesoureiro em seu grupo. Afinal, você não multiplica pães, os peixes, faz a água virar vinho dos bons... Não pode suprir a si mesmo?”

“Ensino que temos que dar honra aos verdadeiros Profetas. Os que anunciam a Palavra é justo que vivam da Palavra.”

“Também observei você no Templo, elogiando a oferta da viúva. Mas não vi você dizimar nada, nem receber dízimos. Agindo assim, você não será abençoado.”

“Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância. O que é semeado determina sua colheita. Mas, tem que ser em amor. Muitos dão a esmola, as sobras, ou fazem apenas para se auto-promover e receber glória dos homens. A viúva agiu com seu coração, deu seu melhor. Aquele que Me ama, será amado por Meu Pai.”

“Porque se deixou batizar por João Batista? O cara é um maluco! Se veste mal, come coisas esquisitas, prega no deserto... Deveria estar no Templo, afinal o pai dele não é Sacerdote?”

“Deus não olha a roupa que você usa. Ele sonda seu coração. Há quem diga, maldosamente, que João tem demônio. Pois não entendem a profundidade de sua mensagem. Mas, Eu te digo que não há profeta maior nascido de mulher. Ele é grande diante do Senhor e cheio do Espírito Santo!”

“Vi também a mulher adúltera que você livrou de ser apedrejada. Não ficou faltando algo para ser feito na vida dela?”

“O que acha que faltou?”

“Ora, o desligamento de alma, liberação de destino, oração do ventre, oração de renúncia, confessar todos os pecados detalhadamente (sem cruzar as pernas, nem os braços), escrever depois tudo no papel, orar, ungir e colocar fogo. Expulsar o demônio da prostituição, amarrar o amordaçar o espírito territorial, declarar que Deus é soberano, ler o Salmo 91, profetizar bênçãos na vida dela, dizendo que Deus tem uma grande missão a ela, e depois conceder o título de Dra. em divindade!”

“Ela recebeu Meu perdão, isso basta! É minha filha, cuidarei dela. O que vale mais o rito ou o arrependimento? Posso usar outras formas de libertar. É minha multiforme graça. Mas, o modelo que deixo é este; simples, puro e poderoso!”

“Acho que o filho pródigo, não merecia o perdão...”

“E você? Merece? Deixe que Eu julgue. Só Eu Sou, o Justo Juiz!”

“Meu Senhor, perdoe-me ter te chamado por “você” o tempo todo... Mas,agora começo a Te entender. No entanto, o povo, de forma geral, gosta de Suas mensagens. Embora ache que nem todos as entendam...”

“O mesmo povo que me enaltecerá na entrada triunfal que farei em Jerusalém, gritará pedindo minha morte. Irão gritar para que soltem Barrabás, um bandido. Mas, que Eu seja crucificado!”

“E os líderes religiosos, não farão nada para Te ajudar? Não ha compaixão neles?”

“Eles julgam que Eu tenho parte com Belzebu...um demônio...E possuem grande inveja de Mim... Vão incitar o povo contra Mim.”

“Mas, e o povo? Não crê em Seus sinais?”

“Uns acreditam, mas outros duvidam. Acham que Eu estou os enganando...”

“E sua família, o que acha?”

“Muitos de meus irmãos não crêem em mim...”

“Mas, o Senhor cresceu em Nazaré, um pequeno povoado. Ali a povo Te conhece e respeita, não é?”

“Bem, eles Me expulsaram da Sinagoga e da cidade...queriam me atirar do penhasco...”

“O Senhor não está sendo bem vindo neste mundo né?”

“Há quem queira me apedrejar...”

“Também... foi expulso da Sinagoga!!!! E agora? Como vai ser? Sem carta de transferência e sem boas referências. Como ser aceito em outra Igreja?”

“Que carta esta escrita em seu coração?”

“Jesus, dizem que o Senhor é o Consolador, que seu julgo é suave, que é o libertador. Mas, tu vais chorar, será preso e terá que carregar a Cruz, e precisará de ajuda para transportá-la. Por quê?”

“Para ensinar a servir. Ensinar que é humano chorar. Que vamos precisar de pessoas ao nosso lado nos ajudando a dividir os fardos, e quem enxugue nossas lágrimas. Só a união no amor pode promover isso!”

“Que situação... Não queria estar na sua pele!”


"O mundo me odeia, pois tenho anunciado a Verdade. Quem me seguir será odiado também. Será perseguido, traído e pagará preço de Cruz. Você quer me seguir?"

"....???"

Este é o preço que temos pagado para levar a Verdade que liberta!

Em 15 anos de Ministério temos nos debruçado em elaborar mensagens profundas para transmitir conhecimento e verdadeira autoridade espiritual ao povo de Deus.

Escrevemos, neste período, doze livros, uma apostila (que estudamos reescrever no formato de livro, expandindo o tema), gravamos cinco DVD´s e seis módulos de Seminários.

Trabalho agora na conclusão de “Ikarim – Águas Claras”.

Não fazemos alarido de tudo o que fazemos, pois a Palavra nos ensina a não buscar holofotes para si mesmo. Porém, além de ensinar, aconselhar, auxiliar os feridos a recuperar as forças, também este Ministério tem sido apoio e suporte a muitas vidas, inclusive Pastores e líderes sinceros. Temos dado cobertura para Vasos que querem servir e somar com o Reino. Temos ajudado os necessitados, inclusive materialmente quando nos é possível.

Ensinamos na Base, o modelo do Bazar, onde nada era vendido, tudo dividido. Ensinamos o modelo de “Mesa Farta”, onde cada um trazia um pouco e aquilo se transformava em muito, onde todos desfrutavam de alimento e comunhão após os Cultos.

Nada era vendido, tudo repartido. Preceitos da Igreja primitiva, onde o fogo do amor estava aceso. Hoje, este amor tem esfriado... Temos nos empenhado em erguer o remanescente fiel, os poucos que farão diferença a muitos! Procuramos resgatar a ordem nos Cultos, o respeito e reverência a Deus. Subtraindo dos altares a negligência, soberba, inveja, altivez, espetáculos, mentiras, relaxo...

Temos ministrado, debaixo de uma direção do Alto, Cursos e Seminários para grupos menores, em nossa Base. Assim, maximizamos o potencial de aprendizado e um ambiente menor, fica mais intimista, favorece o treinamento.

Embora ainda aceite convites para ministrar em outros Ministérios, não descartamos os treinamentos para grupos pequenos. Com o devido conforto e zelo que Deus e Seu povo merecem!

Contudo, para dar seqüência a este trabalho, precisamos muito, de mais parceiros de trincheira, que somem forças ao nosso lado, nos ajudando a carregar os fardos, dividindo o peso da Cruz.

Pois, soldado sozinho, não vence Batalha!

Quando ousamos romper os paradigmas que já quase se tornam dogmas dentro da Igreja; a verdade, quando apresentada de forma simples e pura, destoa. Em um cenário aculturado com tantas mentiras, parece haver pouco espaço para a verdade...

Como já escrevi antes; muitos se acostumaram a beber água salgada, que não mata a sede!

O segredo de uma vida em abundância é ter comunhão com Deus e gozar de Sua paz. Paulo estava cego para o Reino de Deus. Só via o mundo que vivia. E, neste mundo, os cristãos destoavam. Paulo os perseguia.

Mas, um dia, Jesus vem até ele, e o deixa cego. Na escuridão, pode ver a si mesmo. E notou que nada era... Paulo volta a enxergar!

Mas, agora ele está cego para o mundo e só vê a Cristo.

O viver dele se tornou Cristo. O acontecimento foi tão surreal que até mesmo os Apóstolos, inicialmente, não acreditavam em sua conversão.

Respeitando as proporções, passei na pele uma ínfima parte do que Paulo deve ter sentido...

Quando me converti, da mesma forma, muitos não acreditavam em minhas palavras.

Só o tempo pode sedimentar esta confiança. Pois, se eu der um passo errado, o adversário será o primeiro a erguer o troféu e me expor à vergonha.

Assim, hoje posso fazer minhas as palavras de Paulo. Meu viver é Cristo. Sem Ele, nada sou... Nesta jornada, a fim de cumprir a missão de levar a mensagem da Cruz e treinar os soldados de Cristo, é fundamental a união de forças. Nas preces e no investimento.

Eu sei que, se apresentasse como vitrine uma recompensa vantajosa para cada investimento feito na Obra de Deus, ou uma punição severa para os que não estão dispostos a investir, sobejaria!

É a famigerada, “Indústria do Medo!”

Muitos ainda estão aculturados em buscar as bênçãos do Senhor, e não o Senhor das bênçãos.

Procuram o ter, acima do ser. Buscam interesses pessoais e não o interesse divino.

Jesus nos ensina uma máxima: Buscar em primeiro lugar o Reino de Deus, o resto virá como conseqüência! Seja feita a Tua vontade, assim na terra como no céu! Mas, como estas verdades ficam eclipsadas com caminhos alternativos propostos... Sempre mais largos, mais fáceis, mais acolhedores... Vitória, sem luta. Poder, sem unção. Autoridade, sem Santidade. Perdão sem arrependimento e mudança de atitude. Vida, sem morte do “EU”.

Este triunfalismo tem norteado um rebanho perdido... Que corre atrás do vento...

Não oferecemos nada em troca das orações, do investimento, das ofertas voluntárias, do apoio, das ajudas... Pois, tudo deve ter esteio no amor. Feito por amor. Amor a Cristo, ao Reino, aos preceitos do Rei dos reis.

Deus recompensa corações verdadeiramente dispostos e sinceros. Da forma Dele, do Modo Dele, no tempo Dele! Sem barganha!

Faço este apelo aos Valentes, ao Exército de Gideão de nosso século; que nos estendam as mãos e nos ajudem neste desafio.

Não temos 13 salário, nem férias, nem convênio médico... (Aliás é algo que já temos pedido ao Pai) Dependemos na totalidade de Deus a cada dia, do Maná diário. Não temos bens na terra.

Pois aqui, somos peregrinos.

Não olho para as ovelhas perdidas e as vejo como mero fluxo de caixa. Para nós, são vidas preciosas. O maior patrimônio da Igreja.

Não precisamos de jatinhos, fazendas, verba para construir templos faraônicos. Nem vendemos atalhos para a Sala do Trono ou profanando o Altar com pirotecnias para entreter o povo levando-o a uma esfera catatônica.

Jesus expulsou os mercadores do Tempo, mas estes voltaram! Continuam a vender objetos nas prateleiras de um lugar que deveria ser, acima de tudo, Santo!

Sei não vou mudar o mundo... Mas podemos mudar o mundo a nossa volta. Podemos lançar sementes de esperança, espalhar o perfume do amor, ensinar valores Eternos, para serem pedras memoriais às vidas quando atravessarem os Vales...

Podemos juntos, fazer diferença em um mundo tão indiferente...

Sonho o sonho de Deus, todos os dias! Amo de todo meu coração o Reino e cada vida, cada coração disposto...

É uma honra servir a quem serve!

Uma láurea ser chamado de amigo de Deus!

Um privilégio fazer parte história escrita pelo Autor da Vida!

Porém, precisamos de ajuda...Para continuar ajudando.

Precisamos de auxilio, para continuar auxiliando.

Precisamos de acolhimento para continuar a acolher.

Seu apoio é fundamental...

Vamos deixar que a Palavra nos guie...

“Ora, quanto à coleta que se faz para os santos, fazei vós também o mesmo que ordenei às igrejas da Galácia. No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte o que puder ajuntar, conforme a tua prosperidade...” I Cor 16:1-2

“Cada um contribua segundo propôs em seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama que dá com alegria.” II Cor 9:7

Paulo dá a direção para a forma que deve ser utilizada para arrecadação: Em amor, segundo a prosperidade de cada um, conforme está em seu coração. Não por medo, nem por interesses pessoais, nem por culpa, nem por imposição. Tão pouco com ameaças de castigos e maldições...

Agindo assim... De forma sincera e pura, dirigido pelo Espírito Santo, Deus passará a nos ouvir, uma vez que temos ouvido e aplicado Seus estatutos.

“E a palavra do Senhor veio a Zacarias, dizendo: Assim falou o Senhor dos exércitos: Executai juízo verdadeiro, mostrai bondade e compaixão cada um para com seu irmão, e não oprimas a viúva, nem o orfão, nem os estrangeiro, nem o pobre; e nenhum de vós intente, no seu coração, o mal contra o seu irmão. Eles, porém, não quiseram escutar, e me deram ombro rebelde, e taparam os ouvidos..” Zc 7:8-11

“E assim como eu clamei e eles não ouviram, assim também eles clamaram, e eu não ouvi, diz do Senhor dos exércitos.” Zc 7:13

Muitos ainda me perguntam: porque Deus não ouve minhas preces? Porque não atende meus pedidos? Porque o céu parece de bronze? Porque ainda pesa sobre mim, rejeição e culpa?

A resposta elementar: porque não ouvimos a Deus! Ele também não nos ouve! Para haver um diálogo é necessária a participação de mais de uma pessoa. Caso contrário torna-se um monólogo. Os princípios do Alto são imutáveis em toda extensão da Palavra ao longo de séculos: amor, unidade, perdão, justiça, auxilio, arrependimento, oração, santificação...

Esta é a marca dos que possuem do selo de Deus em seus corações.

Egoísmo, avareza, orgulho, inveja, arrogância, ódio... São antagônicos dos valores de Deus. Obedecendo aos Seus mandamentos, colheremos as bênçãos e a paz que transcende nosso entendimento!

Se Deus te dirigir: Ore, interceda por nós. Apóie esta bandeira, ajude a divulgar este trabalho. E, se quiser ser um mantenedor, mantendo esta chama acesa, deposite sua oferta de amor na conta abaixo. Saiba que sua vida fará diferença em nossas vidas. Seu suporte nos ajuda manter as mãos estendidas aos combatentes que combatem o bom combate. Assim com Arão e Hur sustentavam às mãos de Moisés.

Que seja feita a Vontade Dele!

Na Unidade da Cruz

Daniel Mastral

Bem Vindos

É com muita honra que trago a vocês uma palavra reconfortante e que sirva de inspiração e edificação para sua vida!

Outros Temas

Video Indicado